Objetivos

Objetivos gerais:


a) Estimar o número de jornalistas em atuação no Brasil no final de 2010;
b) Estimar a distribuição territorial dos jornalistas por estado da federação;
c) Identificar a distribuição dos jornalistas por funções na profissão;
d) Formular hipóteses derivadas dessa comparação, para alimentar a segunda etapa
deste projeto de pesquisa, destinada a traçar o perfil da categoria.
Objetivos específicos:


A partir da comparação dos dados sobre o volume e a distribuição territorial dos jornalistas
brasileiros disponíveis em bases montadas a partir de informações do Ministério do
Trabalho, da Federação Nacional dos Jornalistas e seus sindicatos e das escolas de jornalismo
e de comunicação social com habilitação em jornalismo pretende-se:
a) Estimar a taxa de sindicalização dos jornalistas, em relação ao total da categoria;
b) Estimar a divisão da categoria por gênero;
c) Estimar o impacto dos cursos superiores de jornalismo sobre a composição do
mercado de trabalho e a variação desse efeito ano a ano entre 2006 e 2010;
d) Estimar a relação entre o número de profissionais com formação superior e sem
formação superior;
e) Comparar a distribuição dos trabalhadores no país e a distribuição dos cursos de
jornalismo, aferindo também indicadores relativos à mobilidade desses profissionais
no território nacional;
f) Estimar a relação entre os índices de sindicalização, formação superior e registro
profissional;
g) Identificar semelhanças e diferenças, por região e por unidade da federação, entre os
indicadores relativos aos itens anteriores.